MAGNUSLEX

 

NATUREZA DA EDUCAÇÃO - CB
 

A compreensão da natureza da Educação passa pela compreensão de natureza humana.

O homem, adaptando a natureza a si, transformando-a pelo seu trabalho, adequado às finalidades, pratica ação intencional.

 

Trabalho como ação intencional:

Trabalho material: processo de produção para subsistência material:
a) antecipando em idéias os objetos da ação;
b) representando mentalmente os objetivos reais, inclui o conhecimento:
- do mundo (Ciências);
- de valorização (Ética);
- de simbolização (Arte).

Trabalho não-material: processo de produção de conhecimentos, símbolos, valores, atitudes e habilidades:
a) a Educação situa-se nesta categoria;
b) modalidades:
- o produto se separa do produtor: o livro do autor;
- o produto não se separa do ato de produção: a aula é produzida e consumida ao mesmo tempo.

 

Objetivação do trabalho pedagógico: pedagogia tecnicista.
A - produção de "pacotes pedagógicos": alcance de forma subordinada e periférica;
B - reordenação do processo educativo para torná-lo objetivo e ope-racional, visando a:
a) operacionalização dos objetivos;
b) mecanização do processo.

 

Objetivo: garantir a eficiência e a produtividade do processo:
eficiência é garantida pela racionalização e pelo planejamento;
b) o controle é realizado por técnicos supostamente habilitado;
c) o professor, em plano secundário, subordina-se à organização ra-cional dos meios;
d) a rotatividade induz à crença da possibilidade de substituição de professor sem prejuízo do processo.

Fracasso da pedagogia tecnicista: através da racionalidade e da organização, fragmentou o campo pedagógico, provocando descontinuidade do processo.